0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt

Contexto histórico da Devoção ao Sagrado Coração de Jesus

 

Neste Santuário existem duas Espiritualidades: Sagrado Coração de Jesus e Cristo Rei.

Sagrado Coração de Jesus

 

Contexto Histórico da Devoção

 

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus é muito antiga, tendo raízes bíblicas, no entanto, é no Século XVII que esta espiritualidade se desenvolve.

Neste século assistiu-se à consolidação na Europa das teses Protestantes.

Lutero, através da sua máxima em que afirmava que Deus tanto poderia condenar o justo como salvar o pecador, fazendo “tábua rasa” da liberdade do Homem, no protagonismo da sua colaboração com Deus na sua Salvação, negava assim o Amor Infinito de Deus e as suas mais ternas manifestações.

Por sua vez, Calvino suprimira a Eucaristia; o Sacramento da Reconciliação é anulado, não havendo assim mediações entre o Homem e Deus.

 

Da parte católica, assistia-se ao nascimento do Jansenismo, onde o respeito por Deus era tão grande, que sem negar nada, afastava todos das grandes fontes da vida e da alegria.

Perante tudo isto o Mundo afastava-se de Deus que é Amor e Misericórdia infinita.

É neste contexto que aparecem na França alguns nomes que muito contribuíram para o retorno ao tema do Amor e proximidade de Deus com os homens. São eles: São Francisco de Sales, São Vicente de Paulo, São João Eudes, Santa Margarida Maria Alacoque, etc.

 

No entanto, é em São João Eudes e Santa Margarida Maria Alacoque que vemos o expoente da devoção ao Sagrado Coração de Jesus. São João Eudes dedica grande parte das suas obras à teologia e devoção desta espiritualidade, chegando a elaborar os primeiros Ofícios (1670) em honra do Divino Coração, criando assim esta Festa (1672), que mais tarde é aprovada pela Igreja Universal.

Por esses mesmos anos, em que se começava a ver difundir a Liturgia criada por São João Eudes, uma jovem freira Visitandina chamada Margarida Maria Alacoque, no recolhimento do seu mosteiro, recebia a missão de promover uma festa ao Coração de Jesus e difundir o seu culto.

Foi assim o entusiasmo e o amor que deu asas aos que procuravam Deus e desejavam unir-se a Ele. Numa palavra, o culto ao Sagrado Coração de Jesus veio recordar que Deus é Amor e rico em Misericórdia.