0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
Mensagem do Bispo para a Quaresma 2016

A todos os membros da comunidade diocesana de Setúbal

Com a celebração das cinzas, damos início, nesta Quarta feira, ao tempo da Quaresma, que nos conduzirá à festa da Páscoa, comemoração da morte e ressurreição do Senhor Jesus.

Este é um tempo muito especial, durante o qual Deus nos convida a tomar mais a sério a vida, em todas as suas dimensões, buscando ser coerentes e honestos, afastando aquilo que nos destrói e destrói as relações com aqueles que nos rodeiam e caminhando pela via da verdadeira liberdade, alegria e fraternidade.

É tempo para deixar-nos iluminar pela Palavra de Deus, que nos leva ao contato com Ele na oração pessoal, em família e com a comunidade paroquial.

É tempo de deixar de fora o supérfluo, que tantas vezes atrapalha e torna fútil e egoísta a nossa vida. Aquilo que podemos poupar, também com esforço e privação, faz bem a nós próprios e é precioso para ajudar quem não tem o que é necessário para a vida.

Neste ano jubilar, somos particularmente convidados a abrir-nos ao Coração misericordioso do nosso Deus, no sacramento da reconciliação, para acolher o seu perdão e deixar-nos renovar pela força do seu Espírito.

Para ajudar-nos neste caminho de renovação, devemos ter sinais concretos em cada pessoa, em cada família, em cada paróquia e na diocese. Ao nível da diocese, estão em evidência três sinais, para os quais vos convido:

  • Tomar parte numa das peregrinações jubilares já anunciadas pelas paróquias, vigararias ou movimentos;
  • Participar nas catequeses quaresmais, que terão lugar aos domingos à tarde, até ao domingo de Ramos, segundo o programa já divulgado;
  • Contribuir economicamente para ir ao encontro das necessidades da nossa diocese e do mundo, através da renúncia quaresmal. Este ano, a importância recolhida nesta renúncia da diocese será destinada, em partes iguais:

–    às obras do Centro Paroquial da Comporta, que se encontra em fase de conclusão;

–    aos refugiados que fogem dos conflitos e que contam com a nossa ajuda para reconstruírem a sua vida e a das suas famílias.

Peço para todos a bênção do Senhor, que abra o nosso coração ao Seu Amor Misericordioso e nos conduza por caminhos de autenticidade, alegria fraterna, solidariedade e paz.

Fraternamente, no Coração do Senhor,

                                                                                + José Ornelas Carvalho

                                                                                      Bispo de Setúbal

<<< Voltar